Top 5 navios desaparecidos

Posted on 26 de Abril de 2010

0


navio fan

Todos os anos vários barcos e navios desaparecem ao redor do mundo, a maioria deles é encontrada mais tarde, com seus tripulantes vivos ou mortos, mas uma parcela desaparece para sempre ou quase, sem vestígios do que aconteceu, sem testemunhas, em casos que nunca foram solucionados. Neste post eu vou contar um resumo dos 5 desaparecimentos que eu considero como os mais misteriosos, que se tornaram temas de inúmeros livros e  filmes, então aproveitem, pois esse é Top 5 navios desaparecidos:

São Paulo, um navio brasileiro
Construído em 1910, o couraçado brasileiro perdeu sua serventia e acabou vendido à Bristish Iron Steel Corporation. Em 20 de março de 1951 deixou o Rio de Janeiro rebocado pelo Bustler e pelo Dexteriores, rumo a Inglaterra. No anoitecer do dia 4 de novembro os três navios estavam a sudoeste dos Açores quando um vento forte conseguiu soltar as os cabos de reboque (cabos que nem a complexa travessia do Atlântico conseguiu partir), separando o couraçado dos seus rebocadores. O enorme navio de guerra, de forma rápida e misteriosa desapareceu da vista e dos radares dos outros navios para nunca mais ser encontrado.

Couraçado brasileiro São Paulo

Marine Sulphur Queen e o Triângulo das Bermudas
No dia 2 de fevereiro de 1963 o navio saiu do Texas com mais de 15 mil toneladas de enxofre e 39 tripulantes. Em 4 de fevereiro uma mensagem de rádio despreocupada foi recebida, apenas para relatar a posição do navio. No dia 6 do mesmo mês, depois de 2 dias sem novas mensagens, foram enviadas equipes de resgate. Após 19 dias apenas uns coletes salva vidas, bóias e uns poucos destroços, tão poucos que caberiam em um carro. As buscas foram suspensas e o navio com mais de 30 metros foi dado como perdido. Centenas de teorias surgiram, mas nada nunca foi provado e assim o gigantesco navio entrou para a lista de desaparecidos no Triângulo das Bermudas.

The Marine Sulfur

O enigma do Mary Celeste
O dia era 4 de dezembro de 1872 quando o veleiro Dei Gratia encontrou o bergatim Mary Celest próximo aos Açores. Logo os tripulantes do Dei Gratia perceberam que algo estava errado, pois as vela do Mary Celest estavam rasgadas e colocadas de modo estranho, ninguém cuidava do leme, a caixa da bússola estava quebrada e não encontraram bote salva-vidas. Ao subirem a bordo eles chamaram pelos passageiros, mas só havia silencio. Ao andarem pelo barco encontraram um cenário arrepiante, com objetos espalhados indicando uma fuga apressada, o alimento intacto e inúmeros buracos nas laterais da embarcação. O que levou o barco a desaparecer com seus tripulantes e reaparecer abandonado? Essa é uma das perguntas que depois de mais de um século continuam um mistério.

Mary Celest

Freya, no mesmo lugar
No dia 3 de outubro de 1902 a embarcação Freya, de origem alemã, saiu de Manzanillo em Cuba e ficou apenas um dia desaparecida. O mais estranho é que foi encontrada exatamente no mesmo lugar de onde havia saído, porém sem nenhuma pessoa abordo, todos os tripulantes desapareceram, mas a carga estava inalterada, o que descartava roubo seguido de assassinato.

Navio alemão Freya

USS Cyclops, o maior mistério da marinha americana
Desaparecido em 4 de março de 1918, ele era um enorme navio da marinha americana que carregava 19.000 toneladas de provisões e tinha 306 pessoas a bordo quando desapareceu sem nem mesmo enviar uma mensagem de socorro. Ele hoje é lembrado como o maior número de desaparecidos em um único incidente na história dos Estados Unidos. Nenhum destroço nunca foi encontrado e após uma extensa e cansativa investigação, o relatório concluiu que “muitas teorias têm sido propostas, mas nenhuma satisfatória que é responsável por seu desaparecimento”.

USS  Cyclops

Vários outros desapareceram nos mares, do Triângulo das Bermudas ao Mar do Diabo, do pólo norte ao pólo sul. inspirando produtores de filmes como Navio Fantasma e alimentando as idéias da Disney para atrações e filmes como a trilogia Piratas do Caribe. Desaparecimentos continuam a ocorrerem, teorias continuam a surgir, das mais bizarras (extraterrestres e buracos  negros) as mais simples e mundanas (tempestades e erupções vulcânicas), só o que nos resta é aceitar que existem coisas que escapam a nossa explicação, pelo menos até que alguém encontre uma resposta.

Fonte: fernandowilliams

Recomendo uma vizitinha lá eu gostei do que vi!

Tagged:
Posted in: Teeeeeeeeeeenso