A história que marcou o RPG

Posted on 31 de Janeiro de 2010

0


janeiro 18, 2010 Por Douglas

Deixar um comentário

Toda pessoa que é realmente fã de jogos de tabuleiro merece saber a origem de tudo, desde as primeiras publicações, as datas, o envolvimento com o cinema e principalmente os criadores desse incrível passatempo.

Oficialmente o RPG (Role Playing Game) teve seu início em 1974 pela empresa TSR. Isso aconteceu nos Estados Unidos com a primeira versão de Dungeons & Dragons (Masmorras e dragões) criado por Gary Gygax e Dave Arneson. Essa criação seria apenas um complemento para outro jogo chamado Chainmail, mas a situação foi tomando um rumo totalmente independente e D&D virou a mais nova sensação inovadora da época.

Tudo que os jogadores precisavam era usar a imaginação para viajar nas aventuras enfrentando seres poderosos, capturando itens para ganhar pontos de experiência e se tornarem os mais fortes da partida.

Claro que surgiram vários outros jogos parecidos como o GURPS, lançado pela empresa Steve Jackson Games em 1986 como um sistema genérico para permitir que o jogador faça suas partidas utilizando apenas um conjunto de regras. Mas nem o GURPS e nem as outras cópias tiveram o sucesso que D&D tem hoje.

Foi lançada também uma outra edição chamada AD&D (Advanced Dungeon and Dragons), que teve uma fama estrondosa com seu gênero de modos alternativos e classificação de personagens.

Em 1991 foi criado o primeiro jogo Brasileiro chamado Tagmar, inovando com seu estilo moderno e mostrando que tudo que eles precisavam estava em um único livro, inclusive a história.

No final dos anos 90 a editora GSA responsável pelo jogo fechou e acabou paralisando todo o sucesso que ele havia alcançado. Depois desse período OFF ele retornou no ano de 2005 em uma versão livre, distribuída na internet sobre um termo de uso baseado nas licenças Creative Commons.

No Brasil a coisa foi um pouco diferente, o RPG surgiu nos anos 80 e só era encontrado no exterior. Para algum Brasileiro conseguir uma edição ele teria que ir até os EUA e saber inglês básico para poder ler as regras. Só após 10 anos que as livrarias de São Paulo e do Rio de Janeiro começaram a importar o título mais conhecido: Dungeon and Dragons.

O RPG foi tão incrível e famoso que ganhou até uma série de desenho animado em 1983 chamado Caverna do Dragão (título Brasileiro).

A série conta a história dos personagens:  Bobby, SheilaEric, Hank, Diana e Presto, que acabaram entrando em um portal enquanto estavam se divertindo em uma montanha russa com o nome de Dungeons & Dragons.

Depois que chegaram ao outro lado do portal encontraram um mundo totalmente diferente, com magos, monstros, dragões, demônios e armas mágicas. Essas armas dão aos jovens forasteiros poderes místicos, que os ajudam a enfrentar todos os vilões comandados pelo Vingador, um mago perverso que faz de tudo para capturá-los.

Todo esse clima de guerra, magia e monstros estão presentes nos jogos de tabuleiro, mostrando tudo que um RPGista deve saber para iniciar suas aventuras, desde histórias até os personagens e seus poderes especiais.

Fonte: Portal nerd (recomendo)

Posted in: Sem categorias